sexta-feira, outubro 28, 2005

Joana


Joana Amaral Dias é licenciada em psicologia pela FPCE, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra e é docente (Mestre) no ISPA, Instituto Superior de Psicologia Aplicada, laborando no Centro de Investigação da instituição.
É deputada no sistema de rotatividade do Bloco de Esquerda.

Uma simples pesquisa no google mostra que as primeiras páginas são sobre a polémica aceitação desta missão. Não tenhamos dúvidas: após este período eleitoral, o Bloco aceitará naturalmente a sua reintegração, como acontecerá com Manuel Alegre no PS. Não são partidos estalinistas, nem são chefiados por grupos de rancorosos!

Mérito primeiro para quem convidou: Mário Soares não precisa que se qualifiquem as suas escolhas. Mas salvo a redundância de forma, nunca é demais enfatizar a feliz ideia de convidar Joana Amaral Dias para sua mandatária de Juventude. Uma mulher inteligente, politicamente brilhante e que eu acho que vai mobilizar de forma genuína e interessante a juventude, em torno da candidatura de Mário Soares.

Em segundo, mas sem menor mérito, a própria Joana Amaral Dias. Aceitou este desafio, pondo em causa o seu percurso partidário, em nome de um projecto, de uma missão, de um sonho. É por isso que Joana, por projecção, nos faz sonhar, nos faz acreditar que vamos conseguir.

1 Comments:

At 5:40 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Enviar um comentário

<< Home