sexta-feira, novembro 25, 2005

Estranho povo este.

Depois da ingratidão eleitoral com António Guterres...
Depois de legitimar Durão Barroso...
Depois de dar nozes a Santana Lopes...
Depois de castigar José Sócrates nas últimas autárquicas...
Depois de votar em Felgueiras, Oeiras e Gondomar...
Depois de escolher Seara, Carmona e Rio...

Estranho povo este. Agora prepara-se para quê? Preferir à esquerda um fraccionário, sem currículo e triste ex-referência de muitos de nós? À direita um rosto inqualificável na nossa memória?

Estranho povo este! Se calhar alguém, uma só pessoa que seja, acredita que se os resultados das eleições fossem idênticos aos da(s) sondagem(ns) de ontem, não haveria consequências políticas ao nível da governação? Alguém imagina que José Sócrates está fora desta corrida? Incólume? Passaria ao lado de uma segunda pesada derrota, como se nada fosse. Como se a legitimação eleitoral dos intentos interventivos de Cavaco não fosse tida em conta pelo primeiro-ministro.
Santa ignorância. Mais tarde ou mais cedo, uma eventual escolha de Cavaco, uma derrota clara de Mário Soares (leia-se do PS), traria uma profunda convulsão da democracia portuguesa, que culminaria com a demissão do governo. E na ausência actual de uma verdadeira alternativa, um novo/velho cenário aconteceria: a constituição de um governo de iniciativa presidencial, como foram os de Pintassilgo/Santana.

Acredito sinceramente na sondagem mais completa e tecnicamente credível: a da Eurosondagem para a SIC/Expresso/RR, que dá a Mário Soares 2º lugar, uma descida acentuada de Cavaco, embora com vitória assegurada à 1a Volta. No entanto faltam dois meses para as eleições, debates e campanha eleitoral.
As sondagens falharam redondamente nas penúltimas autárquicas e legislativas, bem como nas últimas europeias, legislativas e autárquicas. Será que, agora como antes, o povo voltará a ter uma surpresa na manga?

4 Comments:

At 8:24 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Tem calma, não sejas tão generoso, pensa um pouco mais em ti

 
At 11:17 da manhã, Blogger HB said...

Comentário disparatado, mas que posso fazer?

 
At 8:00 da tarde, Anonymous XT said...

O que voçê têm contra o Dr. Rui Rio? um politico que soube fazer bem pelo Porto em época de crise, sem criar divisionismo entre Norte e Sul.

Mais trabalho e menos conversa!!!

 
At 12:43 da manhã, Blogger HB said...

Tenho mais contra o "voçê" e a conjugação ("tem" em vez de "têm").
Não tenho nada contra o Sr. Rio. O meu problema é não ter nada a favor.
Abraços.

 

Enviar um comentário

<< Home